Seguidores

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Texto para interpretação – Música





TOCANDO EM FRENTE
(Almir Sater / Renato Teixeira)
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz,
Quem sabe eu só levo a certeza
De que muito pouco eu sei
Ou nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor para poder pulsar
É preciso paz para poder sorrir
É preciso chuva para florir
Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada, eu sou
Estrada eu vou
Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora um dia
A gente chega e no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
E cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Após ler atentamente o texto, responda às questões:
1. Assinale mais de uma alternativa que esteja de acordo com o texto:
a. (   ) Para o poeta, a vida deve ser levada, tocada como uma boiada, pois não conseguimos entender a imprevisibilidade de ambas.
b. (   ) Só é possível ser feliz nesta jornada, depois de um toque de Deus, o velho boiadeiro, que nos impulsiona pela longa estrada da vida.
c. (   ) Só através do choro individual e de outros é que descobrimos o valor de um sorriso.
d. (   ) Manhãs, maçãs e chuva fazem parte da nossa história, já que não somos donos do nosso destino.
e. (   ) Segundo o poeta, para se viver, é necessário entender o andamento da jornada e continuar vivendo.
2. Marque as afirmativas com V para verdadeiro e F para falso, de acordo com o texto:
a. (   ) Viver é uma aprendizagem, fruto da observação atenta das alegrias e dos sofrimentos pelos quais passamos.
b. (   ) Ser feliz é o destino de todos os seres humanos, independendo das chegadas e das partidas.
c. (   ) A consciência do significado da vida e o dom da capacidade de construirmos a nossa história nos deixa mais fortes, mais felizes.
d. (   ) O poeta tem hoje um sorriso de serenidade porque nunca levou a vida com ligeireza.
e. (   ) Para podermos saborear a vida, precisamos vivenciar a paz e o amor, entre outros fatores que nos mostram que é possível compormos a nossa história com serenidade.
Assinale a única alternativa correta:
3. Há várias comparações no texto que nos leva a concluir que o poeta fala:
a. (   ) da boiada
b. (   ) do boiadeiro
c. (   ) do sabor das frutas
d. (   ) dos dias vividos
e. (   ) do dom da felicidade de cada um de nós
4. Nos versos 5 e 6, o poeta demonstra que se considera um homem:
a. (   ) orgulhoso
b. (   ) sem cultura
c. (   ) experiente
d. (   ) humilde
e. (   ) sem rumo definido.
Responda com suas palavras:
5. Como era a vida do poeta no passado? Comprove sua resposta com versos da poesia.




DE REPENTE
Skank
Olhei, não via ela há muito tempo

Ah! quanto tempo faz? Nem me lembro mais
Então, pensei na vida que há algum tempo eu deixei pra trás
Não me deixa em paz, se não
Por quê?
Ainda aquele tempo dentro
Entra e sai
Volta, vem e vai, sem acabar
Mas tempo passou
O tempo passou!
E agora eu sei
O que eu passei cantei
Contei, estrelas mil no firmamento
Vão brilhar, depois apagar irão
Chorei as lágrimas correndo como nos cristais
Fogo dos vitrais pagãos
Não é solidão
Amar e desejar a vida que não deu as mãos
Mas vai dentro da gente
Como explosão no ar, como um furacão no mar
De repente você voltou assim
Eu preciso mais, eu preciso?
Eu preciso mais, eu preciso? 




01) Retire, da primeira estrofe, um desvio gramatical, desfazendo-o e explicando:


02) Transcreva da canção um exemplo de antítese:

03) Existe algum exemplo de hipérbole na letra de música? Se sim, copie e explique seu raciocínio:

04) O poeta  usou  um  recurso  muito usado para dar melodia à poesia:  repetição de consoantes...  Onde podemos encontrar este recurso  (figura de linguagem)?  E que nome é dado a ele(a)?


05) Qual a relação entre o título e o corpo do texto?  Que outro título você daria a este texto?

06) “Amar e desejar a vida que não deu as mãos”. Em sua opinião, quando a vida não está nas mãos? Explique:

07) Destaque da canção todas as comparações, dizendo  de qual você mais gostou e por quê:

08) Indique quantos fonemas e quantas letras há em: TEMPO, PASSOU, CHOREI e BRILHAR:

09) Como o eu lírico se sente na música?

10) Por que no final do texto o eu lírico se questiona  se precisa de mais?

5 comentários:

  1. willian snard. 2 ano F tarde n.32

    RESPOSTAS

    01.letras (A,E)

    02.(V,F,V,F,V)

    03.letra (D)

    04.letra (D)

    05. uma vida sem rumo sem um objetivo, tinha pressa em sua vida e nao tinha planejamento. no texto ele fala que chorou muito e andava com pressa. mas que hoje vive diferente ele aprendeu com a vida.

    ResponderExcluir
  2. willian snard 2 ano F tarde n. 32

    musica 2
    01. erro:(não via ela) correção (não a vi)

    02. (Entra e sai Volta, vem e vai)

    03.(Chorei as lágrimas correndo como nos cristais) o cristal é um material bem liso, lágrimas nunca escorreriam em um rosto como escorreriam em cristais.

    04. ??????????

    05. um amor do passado apareceu de repente.
    outro título ( passado)

    06. quando não conseguimos ou não conquistamos o que queriamos, quando algo inesperado acontece ou nao sai de acordo com o planejado.

    07. aquele tempo dentro
    lágrimas correndo
    vida que não deu as mãos
    da vida como se fosse uma pessoa e pudesse dar as mãos sempre que alguém precisasse.

    08.TEMPO ( 4 fonemas e 5 letras)

    PASSOU (4 fonemas e 6 letras)

    CHOREI( 5 fonemas e 6 letras)

    BRILHAR ( 5 fonemas e 7 letras)

    09. indeciso e carente de saudades do seu passado.

    10.talvez ele ache que a garota é tudo o que ele precisa.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, professor! Excelentes textos! As músicas são lindas e despertaram o interesse deles.
    Ajudaram-me muito com minhas turmas de 2º Ano. Ter colocado o gabarito a nossa disposição foi genial.
    Obrigada.
    Gilka Targino.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, professor! Excelentes textos! As músicas são lindas e despertaram o interesse deles.
    Ajudaram-me muito com minhas turmas de 2º Ano. Ter colocado o gabarito a nossa disposição foi genial.
    Obrigada.
    Gilka Targino.

    ResponderExcluir