Seguidores

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Regência nominal e verbal - 3º ano


 Vamos à prática!!

Complete as frases com as preposições adequadas, contraindo-as
quando for necessário.
a. O salão nobre da mansão é destinado (/) grandes recepções.
b. As visitas (/) prédios antigos e (/) casas coloniais são
acompanhadas por guias especializados.
c. Serão abertas (/) público as farmácias homeopáticas tão esperadas
(/) população.
d. A presença (/) crianças (/) grupos escolares é comum no Instituto
Butantã.
e. Poucos se preocuparam com a ampliação (/) atividades culturais.
f. Os alunos empolgaram-se com a discussão (/) temas abolicionistas.
g. O objetivo das pesquisas é relacionar o aumento (/) desidratação
(/) crescimento da miséria brasileira.
h. Uma das coisas que mais respeito (/) alguém é a sua coerência, o
fato (/) fazer na vida tudo que é compatível (/) suas ideias.
i. A maioria das crianças brasileiras é propensa (/) doenças
infecciosas.
j. Aquela senhora foi atenciosa (/) as visitas.
k. Qualquer sistema democrático é preferível (/) autoritarismo.
l. Os temas (/) livro eram filosóficos.
m. Não estávamos aptos (/) exercer o cargo.
n. Estávamos ansiosos (/) chegada do Natal.
o. Este é o preço estabelecido (/) a passagem de ônibus.
p. A descrição das florestas e igarapés era feita (/) beleza e poesia.

Identifique as frases em que ocorre regência nominal inadequada e
corrija-as.
a. Ele, deitado na cama, estava alheio a tudo; mesmo assim
abracei-o.
b. Apesar de toda a comemoração em sua homenagem, ainda era
necessária a confirmação de sua presença.
c. Aquela área de terra pertencia-lhe havia muito tempo e isso era o
bastante para não colocarem dúvidas sobre o seu direito de
propriedade.
d. Aquele homem, embora já tivesse perdido muito dinheiro, era
constante do vício de jogar.
e. O prejuízo causado pelo incêndio de ontem à noite foi análogo
ao do ano passado.
f. Às vezes é preferível ficar em casa do que viajar.
g. A sua falta na prova foi justificada.
h. Álvares de Azevedo foi contemporâneo com a época de Junqueira
Freire e Fagundes Varela.

Dê o significado dos verbos destacados nas frases.
a. O Exército chamou os jovens rapazes.
b. Chamavam o jogador de Cestinha.
c. Chamavam ao jogador de Cestinha.
d. Eu queria um livro de Gramática.
e. Eu quero aos meus pais.
f. As enfermeiras assistiam os doentes com dedicação.
g. Os turistas assistiram a apresentações folclóricas na Bahia.
h. Assistia ao advogado de defesa o direito à palavra.
i. O jogador visou as traves e chutou a bola certeira.
j. Tudo o que fazia era visando à tranquilidade dos pais.
k. O gerente do banco visou o cheque.
l. Na primavera, aspiramos o perfume das flores.
m. Há homens que aspiram ao poder pela força.
n. Custou aos alunos entender aquele exercício.
o. A aquisição do imóvel custou -nos muito trabalho.
p. Sua argumentação referente à falta de leite não procede.
q. Muitos problemas de saúde procedem de má alimentação.
r. O organizador da exposição procedeu à entrega das medalhas.
s. A escola atual atende às reais necessidades das crianças e dos
jovens brasileiros?
t. Com jeito, a garota acabou atendendo ao pedido do namorado.
u. O prefeito atendeu muito bem os repórteres.
v. O helicóptero precisou o local onde o avião havia caído.
w. Precisamos de tempo para recompor nossas economias.

Retire os verbos destacados no exercício anterior e classifique-os de
acordo com o seu significado em: intransitivo, transitivo direto,
transitivo indireto, transitivo direto e indireto.
Modelo:
a. Chamar — sentido de convocar — verbo transitivo direto
b. Chamar — sentido de denominar — verbo transitivo direto
c. Chamar — sentido de denominar — verbo transitivo indireto

Complete.
Observando os diferentes significados e as diferentes regências dos
verbos no exercício anterior, conclui-se que esses verbos alteram o
significado conforme (/).

Reveja na parte teórica os verbos destacados abaixo. Informe suas
peculiaridades.
Modelo: Não me lembrei de desligar o ferro.
lembrar-se: pronominal — verbo transitivo indireto
Esqueci o material de Língua Portuguesa.
esquecer: não pronominal — verbo transitivo direto
a. Vera lembrou-se do aniversário de Fernando.
b. Esqueci-me de comprar papel higiênico.
c. Lembrei o nome daquela cantiga folclórica.
d. Lígia esqueceu as sandálias na praia.
e. Já pagamos todas as nossas dívidas.
f. Você já pagou ao tintureiro?
g. Eles pagam baixos salários aos boias-frias.
h. Nossos credores perdoaram nossas dívidas.
i. Há pais que não perdoam aos filhos.
j. A firma não perdoou a dívida aos credores.
k. Agradecemos os favores recebidos.
l. Já agradeceram aos vizinhos?
m. Você já agradeceu a seu pai o presente?


Nenhum comentário:

Postar um comentário